Está chegando a tão esperada época! Apesar de já ter começado de forma não-oficial pela cidade do Rio, muita gente ainda não pode curtir ao máximo os blocos e ensaios abertos que já tem saído. Afinal, sem ser Carnaval, a maioria das pessoas não pode enfiar o pé na jaca por ter que trabalhar nos dias seguintes.

No entanto, essa restrição está prestes a acabar! Daqui menos de duas semanas, será dada a largada para a maior festa do mundo. Milhares de blocos indo às ruas, arrastando multidões de pessoas bonitas e de todos os cantos do mundo.

E para não ter nenhuma aporrinhação durante esse período que deve ser só de festas, separarmos cinco dicas para que seu carnaval – e daqueles ao seu redor – seja maravilhoso!

1 – Hidrate-se (mas não só com álcool, ok?)

Em tempos de Carnaval, quase impossível ficar sem descer um gelo – ainda mais com o calor violento do Rio de Janeiro. Mas, para que não hajam maiores problemas durante o dia de blocos, é de fundamental importância que você não esqueça de beber bastante água também.

Afinal, você pode ter certeza: de dez pessoas que passam mal durante um bloco, nove são porque caíram de cabeça na cerveja, vodka, catuaba, entre outras bebidas alcoólicas, e deixaram a água de lado. Ingerir muito álcool, sobretudo debaixo de um forte calor, pode causar a desidratação e, consequentemente, o famoso “PT”.

Então, se for possível, tome uma água a cada duas cervejas ou um copo de vodka/catuaba, que isso já deve ser o suficiente para te manter íntegro durante o tempo que for necessário. Não é uma fórmula mágica, pois cada um tem uma diferente tolerância para bebida, mas já é um grande passo para não acabar com o seu bloco mais cedo.

2 – Não se esqueça de se alimentar!

Os blocos de rua no Rio começam bem cedinho. Desde as sete da manhã já tem gente se aglomerando nas ruas em torno de trios e baterias, então é preciso cair da cama para curtir ao máximo o dia de diversão. No entanto, isso pode acarretar em algo que também pode te fazer mal: a má alimentação.

É muito comum, por conta do início bem cedo dos blocos, que algumas pessoas se alimentem pouco, ou nem sequer comam algo antes de sair, pela pressa de chegar cedo às concentrações. Mas, sejamos conscientes: melhor comer direitinho e aproveitar o dia todo, do que deixar de se alimentar e acabar passando mal ao sol do meio-dia.

Portanto, não deixe de comer pelo menos um sanduíche antes de ir em direção a curtição. Isso sem contar as inúmeras barracas de churrasquinho e salgado espalhadas pelas ruas, justamente para fazer com que você não faça jus ao ditado de que “saco vazio não para em pé”

3 – Proteja-se do Sol.

Se você prestou bastante atenção ao último item, então reparou que o horário pode ser um fator complicante para uma parte específica do corpo: a pele. O Sol intenso ao qual estamos submetidos no Rio pode fazer estrago naqueles que vão desprevenidos para os efeitos dos raios solares.

Assim, não deixe de levar o protetor solar que mais seja adequado ao seu tom de pele, para que você não precise ficar de cama o resto do Carnaval por causa de uma insolação. Afinal, sabemos que os homens adoram ficar sem camisa e muitas das fantasias das meninas deixam partes do corpo como costas e braços expostas.

Então, sempre melhor prevenir do que remediar.

4 – Leve sua pochete anti-furto (porta-dólar)

O Carnaval, em tese, é apenas para se divertir e não ter dor de cabeça. Entretanto, muitas pessoas acabam chegando ao final do dia tendo uma lamentação em específica que traz muitos problemas: a perda do celular.

Infelizmente, alguns meliantes se aproveitam dos tumultos que se concentram nos blocos, para passar a mão leve nos mais distraídos. Logo, para evitar que alguém furte seu celular, sua carteira ou algo de valor, compre – ou leve, caso já tenha – uma pochete anti-furto.

Chegando a época carnavalesca, se proliferam diversos vendedores ambulantes pela cidade que vendem esse objeto que pode evitar um transtorno um tanto quanto inconveniente. Normalmente, seu valor gira em torno de apenas dez reais, fazendo com que a relação custo-benefício seja bem positiva.

5 – Não é não

Talvez a coisa que mais atraia as pessoas para os blocos de Carnaval, mais até que a chance de acompanhar ótimos trios e passar o dia se embriagando, é a possibilidade de “pegar” várias pessoas. Afinal, não dá para negar que, para aqueles que gostam, sair pegando geral é a grande graça dessa época

Porém, na hora que você chegar naquela menina que você se sentiu atraído, caso ela te rejeite, não insista. Isso pode causar um grande desconforto na pessoa, que não é obrigada a ficar com quem ela não quer. São muitas pessoas espalhadas pela cidade, então não há a necessidade de insistir em uma única que não queira nada.

Respeito é bom e todo mundo gosta!

Fique ligado nas nossas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/MistiHostels/?ref=settings

Instagram: https://www.instagram.com/elmistihostelsriodejaneiro/

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCyUdX2sExQC8zSgJKojeuIA?view_as=subscriber

Comments

comments